Sabor de A.K.A., Novo Álbum da JLo

JLo voltou mesmo as origens com A.K.A, seu novo álbum (lançado hoje). O trabalho volta ao estilo urban e deixa a EDM, tão explorada no Love?, de lado. Abaixo segue uma resenha faixa a faixa do projeto: #A.K.A (Feat. T.I): a faixa título abre o álbum muito bem. Resume os estilos músicas presentes nas demais faixas (ao menos na maioria). A presença do rapper T.I. faz toda a diferença e
Continue lendo...

Sabores de Ultraviolence da Lana Del Rey

O novo álbum da Lana del Rey, Ultraviolence, já esta na internet e pode ser ouvido na íntegra. O material tá bem diferente do Born To Die em vários aspectos e merece toda nossa atenção. Confira a review para cada música abaixo: #Cruel World: de cara me lembreu da extinta banda The Verve (aquela de Bittersweet Simphony). Cruel World é super emotiva e, literalmente, de arrepiar. A música já abre o
Continue lendo...

Sabores de Sorry I’m Late da Cher Lloyd

Tá aí, mais uma boa surpresa pra essa semana, o Sorry I’m Late, segundo álbum da Cher Lloyd. O primeiro da carreira da cantora britânica, Sticks + Stones, foi legal, divertido e despretensioso. Mas sempre senti falta de algo mais intimista (sentimental). O fato é que Sorry I’m Late  trouxe um balanço perfeito entre essa maturidade e o som divertido que sempre queremos. Destaco músicas como Goodnight (já ouvi mil vezes), Killing It,
Continue lendo...

Sabores de Me. I Am Mariah… The Elusive Chanteause

Que linda surpresa! Minha intenção não é fazer uma crítica espefífica de cada música, mas sim deixar registrada a minha surpresa e adminiração (enorme) por esse álbum. Depois dos dois últimos álbuns, E=MC2 e Memoirs Of An Imperfect Angel, eu não tinha a menor esperança em voltar a ouvir algo ao nível de álbuns como Emancipation, Butterfly, Rainbow e etc. Ainda bem, estava errado. Finalmente a Mariah colocou na própria cabecinha que já era
Continue lendo...