Sabores de Me. I Am Mariah… The Elusive Chanteause

Que linda surpresa! Minha intenção não é fazer uma crítica espefífica de cada música, mas sim deixar registrada a minha surpresa e adminiração (enorme) por esse álbum. Depois dos dois últimos álbuns, E=MC2 e Memoirs Of An Imperfect Angel, eu não tinha a menor esperança em voltar a ouvir algo ao nível de álbuns como Emancipation, Butterfly, Rainbow e etc. Ainda bem, estava errado. Finalmente a Mariah colocou na própria cabecinha que já era
Continue lendo...

Thirsty! Nessa Você Acertou, Mariah

I’m Thirsty, I’m Thristy   Custou algumas tentativas de singles melosos que buscaram, incansavelmente,repetir o sucesso de We Belong Together, mas Mariah finalmente acertou com Thirsty. Deliciosa, viciante, divertida e MUITO mais adulta que músicas como Touch My Body e etc… esse R&B + Hip Hop estilo old Mariah tá incrível. Que o Me.I am Mariah traga muito mais disso!
Continue lendo...

# AmazingNão imagino faixa melhor para abrir o CD! Amazing é uma introdução perfeita para o conceito de Veritas. É um eletro-pop com influências européias da mais alta qualidade. Os gritinhos no refrão “It’s amaaaaaaazING!” dão vontade é de cantar junto! E a letra? É muito bonita “It’s amazing! when dreams come to life, when you’re dancing to life. It’s amazing! when you live from the heart! (It’s amazing) when you touch the skies, spread your wings up, fly. It’s amazing
Continue lendo...

No finalzinho da semana passada foi lançado o novo clipe da australiana Delta Goodrem, que é cantora, compositora, pianista e couch do The Voice AU (não faz quase nada, né?). A faixa em questão é Dancing With a Broken Heart, segundo single de seu próximo álbum de estúdio, Child Of The Universe. O primeiro single foi Sitting On Top Of The World, que fez um grande suceso, assim como quase tudo que ela lança na Austrália. Dancing With a
Continue lendo...

Depois de muitos, e muuuuuitos supostos lançamentos, eis que finalmente cai na net o novo single da Christina Aguilera, Your Body. Minha expectativa era grande (considerando, principalmente, o fato do almoço quase ter ido pro beleléu por que parei para ouvir a música). Deixando as brincadeiras de lado, a sonoridade de Your Body é tudo o que eu esperava – ou gostaria – é atual, animada, eletrônica, mas ainda muito Christina. O que
Continue lendo...

A britânica Ellie Goulding, que é a toda queridinha do Indie Pop, está prestes a lançar o seu segundo álbum Halcyon (gostei tanto do título), e o carro chefe do projeto é a fantástica Anything Could Happen. Gosto da Ellie desde que ouvi “Under The Sheets” pela primeira vez, e quando ela lançou a versão deluxede seu primeiro álbum, Lights, apaixonei de vez. Uma curiosidade é que a música Lights, lançada oficialmente a mais de um ano atrás, caiu
Continue lendo...

Acabou de sair do forno o, muito esperado, Havoc And Bright Light da linda Alanis Morissette.Quando começaram as notícias sobre um novo álbum no início desse ano, fiquei empolgado com a possibilidade de novas músicas de uma de minhas cantoras favoritas (desabafo parte um: mágoa por nunca ter ido num show dela, mesmo quando teve aqui pertinho, é grande). O motivo da minha empolgação deu-se, principalmente, devido ao álbum anterior, Flavors Of Entanglement, onde
Continue lendo...